GAROTO PRODÍGIO NO BLOCKCHAIN

Todos nós temos aquele parente que é conhecido por ser o orgulho da família. Seja por passar em uma boa universidade, conseguir uma bolsa de um mestrado ou doutorado ou até por desenvolver um projeto importante.

Embora você com certeza tenha um desses em seu círculo familiar, para sua sorte, nenhum deles é o indiano Gajesh Naik. Brincadeiras à parte, o menino de apenas 13 anos ficou conhecido por seu fato histórico no mundo blockchain. 

Gajesh desenvolveu um protocolo de finanças descentralizadas (DeFI). A PolyGaj, assim chamada a plataforma do garoto prodígio, utiliza a blockchain Polygon, e atualmente administra cerca de 1 milhão de dólares em moedas digitais.

Influenciado pelo pai, Siddhivinayak, que tem formação na área de ciência da computação, Naik declarou, em entrevista ao portal Decrypt, como tudo começou, “Eu tinha as habilidades matemáticas básicas, como adição e subtração. Isso era tudo o que era necessário. Depois, comecei a aprender as linguagens de programação”.

De acordo com informações divulgadas, o protocolo, que hoje administra 1 milhão em criptomoedas, chegou a movimentar uma quantia de US$ 7 milhões de dólares em maio de 2021.

Menu