Você precisa conhecer os Cryptopunks!

  1. Início
  2. NFT
  3. Você precisa conhecer os Cryptopunks!

Você precisa conhecer os Cryptopunks!

A tecnologia dos tokens não fungíveis chegou há pouco tempo, mas já está se tornando tendência no mercado. Vídeos, fonogramas de música, memes, gifs, fotos, cards de atletas do esporte e até coleções inteiras de obras de arte estão sendo comercializados em leilões.​

​Embora artes como a peça “Everydays — The First 5000 Days” do artista Beeple esteja entre as mais caras do mundo, os CryptoPunks estão entre os mais populares no setor de obras digitais.​

​Lançados oficialmente em junho de 2017 pelos idealizadores John Watkinson e Matt Hall, os CryptoPunks se tornaram febre nos últimos tempos e estão sendo negociados por milhares de dólares.​

​As 10 mil imagens de arte de 24×24 pixels desenvolvidas no estúdio norte-americano de games Larva Labs são compostas, em sua grande maioria, por humanos. Porém, há também edições especiais – com pouquíssimas unidades – com zumbis, primatas e aliens. ​

​Entre os colecionadores mais famosos de CryptoPunks estão Snoop Dogg, que recentemente assumiu ser Cozomo de’ Medici, um nome bem conhecido no meio dos ativos digitais, com 9 NFTs, o astro do basquete Stephen Curry – que usa o token não fungível como imagem em sua rede social Twitter e até a gigante do setor de cartões Visa. ​

​Se você ficou animado e quer ter um NFT destes para chamar de seu, saiba que vai ter que desembolsar uma boa quantia em dinheiro. Isso porque os preços dos CryptoPunks variam entre US$ 370 mil até US$ 90,5 milhões.​

Menu